terça-feira, fevereiro 27, 2007

Helicóptero da PM voa baixo e deixa população em pânico

Moradores do bairro de Nossa Senhora da Apresentação ficaram revoltados com a ação da Polícia Militar na tarde de ontem. Era por volta da 13h30 quando o helicóptero da PM voou baixou e causou danos materiais a alguns moradores da localidade. Na rua Manoel Vilar, pelo menos duas famílias passaram por maus momentos. Na casa de número 206, os moradores mostram o estado que ficou a sala depois que a aeronave fez um vôo rasante. Ventilador, cadeira e vaso estavam no chão, além de uma poeira imensa. Na residência, no momento em que o helicóptero se aproximou da casa, com o forte vento, uma criança de 1 ano e meio - que estava em uma rede de balanço - foi jogada para o outro lado da sala. A mãe, que preferiu não se identificar, mostra o joelho do filho ferido. Na vizinha do lado, mais destruição. Um muro caiu com a força do vento, o portão foi jogado do outro lado do terreno e a família passou por momentos de aflição. No quartel da PM, o coronel José Humberto e o coronel Francisco Canindé de Araújo não tinham informações sobre o incidente. Na sede da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, o secretário Carlos Castim informou que a operação visava a prisão de uma quadrilha que está agindo na Zona Norte e também nas praias do Rio Grande do Norte, entretanto que a denúncia não seria verdadeira e que o piloto da aeronave é um dos melhores do Brasil. A reportagem esteve no local onde o helicóptero sobrevoou na tarde de ontem e comprovou que algumas famílias foram prejudicadas com a ação. A moradora da casa de número 206, que preferiu se identificar apenas como 'Bia', contou com detalhes o que aconteceu com a chegada da aeronave da PM. "Nós ficamos assustados com o barulho, de repente ouvi meu filho chorar muito. Ele foi jogado da rede para o outro lado da sala... com a força do vento. O piloto voou muito baixo e minha sala ficou toda destruída. Era ventilador no chão, cadeira para um lado, vaso pro outro, uma poeira imensa. As crianças começaram a chorar muito e foi a maior confusão por aqui", explica. Dona 'Bia' conta que o pior aconteceu com a moradora do lado, que teve parte do muro de sua casa destruído. Dona Lúcia, que também preferiu não dizer o nome completo, conta que a aeronave estava voando muito baixo e que os moradores ficaram assustados. "Tinha quatro policiais na aeronave e estavam com metralhadoras. Estava tão baixo que deixou todo mundo assustado. Meus filhos começaram a chorar e como o helicóptero estava sobrevoando muito perto parte do muro da minha casa caiu. O portão voou longe. Os policiais que estavam no helicóptero mandaram a gente entrar em casa", descreve os momentos de angústia. Lúcia diz ainda que quando o marido, que é servente de pedreiro, chegou em casa e reclamou com a mulher que ela deveria chamar a Polícia. "Como eu vou acionar a PM se foram eles que fizeram tudo isso aqui no bairro?", pergunta. Seu José Francisco, morador da região desde 1982, conta que nunca tinha visto nada parecido. Ele mora em outra rua, mas também se assustou com o que viu. "Eram muitas viaturas, mas o problema era o helicóptero que voou muito baixo. O piloto deixou a aeronave na altura do coqueiro. Ficamos muito preocupados e pensamos que iria cair", salienta. A dona de um comércio, que fica bem na frente das casas e também ficou com medo de se identificar, contou que houve desespero com a presença do helicóptero. Os moradores pensaram que a aeronave iria cair em cima das casas. "Foram entre 20 e 30 minutos que o helicóptero sobrevoou a região. Meu genro estava em um carro e foi parado pelos policiais. Os três desceram do carro porque pensavam que eles eram bandidos, mas são pessoas de bem. A Polícia Militar confundiu. Eles deram um baculejo nos meninos e depois liberaram. Ninguém foi preso, porém a ação dos PMs poderia ter machucado alguém. Foi uma loucura", reclama. No quartel da PM, o subcomandante da Polícia Militar, coronel José Humberto de Lima, garantiu que não tinha conhecimento do fato. No comando da Capital, o coronel Francisco Canindé Araújo disse que não tinha informações sobre danos causados pela aeronave do governo, mas que o helicóptero sobrevoa nos fins de semana os presídios de Alcaçuz, Parnamirim e o Complexo da Zona Norte, além da orla marítima. "Não estávamos sabendo do ocorrido. Somente a Secretaria de Segurança poderá dizer algo",avisa. Na Secretaria de Segurança e Defesa Social, o secretário Carlos Castim explicou que o piloto Luis Cláudio tem 25 anos de profissão e mais de cinco mil horas de vôo. "Ele é um dos melhores do país, sem dúvida alguma. Pode até ter ocorrido a queda de um muro por causa do deslocamento do ar e o muro pode ter sido mal feito, mas não por imprudência", afirma. Castim diz que a operação que ocorreu ontem na zona Norte foi para procurar uma quadrilha que vem agindo na região e também no litoral. "No sábado tivemos a informação que um veículo Pálio foi roubado e quando a Polícia avistou um parecido com suspeitos dentro se dirigiu até o local para averiguar. Por este motivo o helicóptero estava na localidade. Os PMs achavam que os homens estavam armados", justifica.

  • Fonte: Jornal de Hoje

3 comentários:

Mau formiga disse...

Imagino o barulho desse danado passando perto da cabeça do povo, hein?

ehehe
valeu!

Magaleando disse...

impressionante a capacidade das autoridades de se fazerem desmoralizadas. Das últimas "operações" só resultaram desastres: uma mãe algemada em frente aos filhos, brutalmente, e o pior! sem provas de que ela estava envolvida no tráfico...depois da merda, souberam que era incoente. Agora casas e muros danificados por causa da falta de noção, e talvez desinteresse em prezar por aqueles que não deveriam ser atingidos pela operação. E por que não? novamente se metem a traumatizar crianças e até machucar! um joelho ralado não é nada?! sorte do menino ter sido só o joelho! "quedinhas" de rede como esta poderiam ter fraturado a cabeça, feito cair de mal jeito e ficar paralítico...quem vai saber o que poderia ter acontecido?

eles adoram se desmoralizar

M&magali disse...

ei...blog atualizado...leia tb viu?