segunda-feira, fevereiro 12, 2007

Rocky Balboa está de volta

“Tan. Tan...tan...tan..tan..tan..taaan...” Com certeza se essa música tocar você logo lembrará de uma luta de boxe. E o filme que a consagrou. Rocky Balboa. Quem tem pouco mais de 20 anos deve lembrar desse sucesso do cinema, não é mesmo? Esse é o tipo de filme que as pessoas dificilmente esquecem. E é nesse espírito de luta de Rocky, consagrado no passado, que entrou em cartaz em todo o Brasil Rocky Balboa. O ex-campeão de pesos pesados deixa a sua aposentadoria e volta ao ringue, contra um novo rival, em uma era completamente diferente. Após uma luta virtual (vídeo-game) que determinou Rocky como campeão sobre o atual campeão Mason, a paixão e o espírito do legendário lutador se acendem. Ele passa a se preparar para lutar em pequenas competições locais, entretanto é descoberto por promotores que querem a revanche ao vivo da luta cibernética. Rocky é obrigado a pesar os riscos mentais e físicos de uma luta de exibição de alto nível frente a sua necessidade de estar no ringue tanto tempo depois. Sylvester Stallone escreve, dirige e estrela o último capítulo da história de “Rocky”. Rocky Balboa pode ser assistido em Natal no Moviecom - nas sessões das 15h, 17h05, 19h15 e 21h25 e no Cinemark, no Mid Way nas sessões das 12h00-14h20-16h40-19h10-21h30-23h50. Maiores informações no site http://www.rockybalboafilme.com.br.

3 comentários:

Magaleando disse...

NÃÃÃÃÃÃÃOOOO!!!! ELE DE NOVO NÃÃÃÃOOO!!! kkkkkkkkk...faça isso comigo não omi, sou traumatizada com Silverter Stalone...esse infeliz me fez sofrer ataques diretos na escola (mainha me forçou a usar uma lancheira do rambo ¬¬)..e Rocky? pelo amor de Deus! Rocky me tirou tardes e tardes de Chaves, para que meu pai e meu irmão pudessem assistir àquela boca torta...DE NOVO! huashuahua..no mais..é um clássico, eu sei..então respeito os que curtem...

mauricio_oliveira disse...

heheheh! estarei no cinema pra ver!!! mas vale lembrar q o filme que ele briga lah queda-de-braço pra nao perder o caminha foi Falcão e não Rocky! heheheh abraços!

João Paiva disse...

Mutios podem falar de Sylvester Stallone, mas fazer filmes que marcam um geração... não é para todo mundo, como os filmes Rocky e Rambo.
Talvez não seja tão bom quanto aos primeiros Rocky, mas vou assistir com certeza.
Abraço